09:14

Sobre príncipes e princesas...

Esses dias andei lendo várias postagens sobre príncipes e, entre um comentário e outro, pude observar que algumas blogueiras, por mais 'antenadas' que possam parecer, ainda atribuem sua felicidade à existencia (ou não) de um príncipe.

Nós, meninas, temos a nossa primeira visão do príncipe perfeito quando vemos nosso pai...o primeiro espécime da raça.
Dormimos ao som da estoria da princesa condenada a dormir por cem anos, mas que acorda com o beijo do principe, ou a que perdeu o sapato, mas, graças ao bendito príncipe que encontrou o tal sapato, ela voltou a ser feliz.
Chegam as bonecas...e elas também precisam de príncipes para que a brincadeira tenha sentido. Com elas chegam os primeiros problemas, afinal as bonecas das nossas amiguinhas querem o mesmo príncipe.
Vamos crescendo e cada menino bonitinho é um possível candidato ao trono. E lá vem mais problemas, afinal nem sempre somos vistas como suas princesas. E assim, contradizendo tudo que havia sido aprendido até aquele momento, descobrimos que eles não são perfeitos e começamos a nos tornar experts em decepção.
Mas quem foi mesmo o idiota que determinou que príncipes devem ser perfeitos?

Príncipes...(ah!!!)...eles existem sim. E, acreditem, também vivem buscando suas princesas. Mas será que eles esperam que elas sejam tão dependentes? Será que eles precisam (ou querem) mesmo corresponder a TODAS as nossas expectativas?

ACORDEM PRINCESAS!!! Invertam os papéis, ou melhor, sejam independentes!
Se jogue num chuveiro gelado e acorde do sono profundo sem ter que esperar que o beijo do principe te desperte. Rapunzel, corte suas longas tranças, amarre no pé da cama, faça uma corda e fuja sozinha da torre. Você pode ajudar o príncipe a vencer o dragão e ainda faturar um "new-look-curtinho-fashion". Cinderela, sapatinhos de cristal machucam os dedos. Coloque uma rasteirinha nos pés, organize seu porão e vá à luta, menina! Diga adeus às abóboras. Vai chover príncipe na sua horta. Façam da Mulan e da Fiona seus espelhos.

Posso garantir que nossos príncipes existem e também esperam por nós, princesas independentes e felizes. Eles podem não ter cabelos lisos, podem nem ter cabelos, podem não ter olhos azuis e ainda usar um belo 'fundo de garrafa', podem não morar em castelos e ter, ao invés de um cavalo branco, um vira-latas, podem ser dorminhocos (seria a versão masculina da Bela Adormecida?), ativos...tanto faz.
Você vai sentir que seu príncipe chegou no momento em que ele fizer com que você se sinta uma princesa.
Eu já encontrei o meu.

Já disse Nietzche: "Ouse conquistar a sí mesmo."

E por falar em príncipes...
Reino Encantado. Era assim que eu imaginava a Itália. Um lugar de conto de fadas, lindo e inatingível, com príncipes, princesas, castelos, alguns feiticeiros (papel que sempre coube, na minha imaginação, aos papas, bispos e demais membros do Vaticano) e ladrões, afinal até a máfia tem seus encantos.
Até que um dia a terra treme e o reino da minha imaginação rui. Perde quase 300 de seus habitantes e afunda numa tristeza que contagia o resto do planeta que, mesmo tão acostumado a acompanhar outras catástrofes, ainda se surpreende.
Ontem, em um funeral coletivo, a Itália velou seus mortos, e, em meio a lágrimas e desespero, rezou para que a natureza pare de castigar o reino encantado, pois descobriram que alguns dos seus castelos são de areia.
Mas a terra ainda treme...

E para que, como eu, arrepia só de ouvir falar em PROMOÇÃO, clique na imagem e confira a última da Sintaliga:


B! (de Boa Páscoa...ou 'Bora' cair de boca nos ovos de chocolate!)

21 Voe aqui:

Candy disse...

Primeiramente adorei o blog! Segundo, adorei a postagem, sim nós mulheres temos que acordar e passsar a ser menos dependente de um principe encantado, temos que acordar, olhar a nossa volta e ver que nem tudo é flores e principes, temos que acordar pra vida, e se quisermos ser alguem ou quisermos algo, temos que batalhar pra isso.

Beijos!

Vítor Torrez disse...

Achei muito legal o texto ^^
Realmente, se as meninas ficarem esperando por seus príncipes encantados, passarão a eternidade na busca... Não existe alguém perfeito, nem homens, nem mulheres. Cabe a nós achar quem combine mais conosco, que faça nosso defeitos parecerem nulos.

Obrigado pela visita no meu blog ;D

Beijos!
Vítor

Adriano Ferreira, CM disse...

Muito bom o texto, o final então me comoveu muito. tenho parentes na itália, e estão todos sofrendo muito com a situação, pelos amigos que morreram, pelos amigos que perderam gente conhecida. há uma verdadeira comoção nacional. a queda de parte da catedral de aquila significa a queda de parte do que de mais bonito foi produzido pela civilizaçao ocidental em materia de arte.

adorei o blog, gostei do layout das cores e tudo. vou acomapnhar.

abraço

CG FILM PICTURES disse...

Tudo bem que idealizemos um "príncipe", sonhar faz parte, mas claro que a independência da mulher tem que estar acima de tudo e que quaisquer deslizes desse "príncipe" , façamos nossa mala e chamemos a carruagem.Minha mãe chama a isso de sonhar com os pés no chão, enraizado no solo.
Gostei do post e do "acorda menina".
Beijinhos de Rozangela Melo
Fazemos cinema amador
Visite nosso blog:
http://cgfilmpictures.blogspot.com/

Lemon Blog disse...

Bom o texto.

A eterna busca pelo principe encantado, só que não existem principes sem o lado meio sapo.

ganhei um ovo de 1kg xD

http://sasdelli.blogspot.com/

Ana Lucia Nicolau disse...

interessante...bom assuto pra reflexão.
mas, o que simboliza o reino onde os principes fazem princesas felizes?

Breno Reis disse...

Primeiramente gostaria de agradecer a visita ao meu blog. Segundo, dizer que seus textos também estão sensacionais, parabéns! E finalmente, agradecer a indicação do filme "A dança dos Vampiros", de Roman Polanski - ainda não assisti, mas vou atrás! :) Boa Páscoa.

Eu amo a E.Y. disse...

Príncipes encantados eu concordo que eles não existem.

Mas, pelo menos uma princesa encantada existe: a EY.

Beijos!

Felipe Lucchesi disse...

Acho que vocês mulheres esperam o príncipe,tanto quanto nós homens,esperamos nossas "princesas",que estão virando raridade.
Obs:Já add seu blog !

Camila disse...

AMEI o blog, já fazia um tempão que estava procurando coisas assim pra ler. Pois é! Temos que acordar e trocar os papéis. *----* Vou voltar pra ler as próximas postagens, vê se continua assim, e sempre melhor, claro. Feliz páscoa, e que o coelho venha gordo. Beijo

!rodrigo! disse...

valeu pelo comentario sempre que puder passarei por aqui http://rodyjucy.blogspot.com/

nobreza disse...

Oi, Bella! Mais uma vez, grato pela visita e comentário!

Então...na verdade os meninos também sonham com uma princesa, viu? É que somos meninos e esse negócio de sonhar com "contos de fadas, princesas" e coisa e tal é mesmo coisa de menina! :)

Tem quem procure a vida inteira pelos seus príncipes e princesas e deixam de lado aquela pessoa com seus defeitinhos, com suas manias, óculos fundo de garrafa mas que certamente a trataria ou o trataria como uma princesa...ou um príncipe.

Condicionar a felicidade à descoberta de um príncipe ou princesa é que não dá.

Sim, e a Itália tem seu rei bufão também: o tal Berlusconi, que quis comparar a situação dos desabrigados como se estivessem em um "camping". Esse aí teria que passar por um encanto de uma bruxa malvada e virar sapo. O problema é se alguma princesa beijá-lo...

abs e volte sempre! É sempre bem-vinda!

http://grooeland.blogspot.com

André Canobel disse...

Ja coloquei o texto falando sobre a Teologia da Libertação, se quiser passar conferir, para poder comentar com conhecimento de causa, fique a vontade!

Se quiser, coloquei também texto nas seção, expoente da T.L. tbm...

Obrigado pela visita...

Bjo!

Blogs do Rafa disse...

Ual, mais quanta felicidade por vc ter me encontrado. Não esperava ler um post tão bom quanto este. Seu blog émuito bem feito. Seu post me fez pensar um montão, coisas assim bem 'pessoais' e confesso que para o post de meu outro blog, suas palavras me orientarão muito. Fico feliz por ter gostado do Arruma Blog ( blog q administro) mais ainda por comentar lá. Espero que ele seja útil. Não quero perder contato deste blog^^ até mais

Eu amo a E.Y. disse...

Oi Bella, poxa, muito obrigado pelas palavras de apoio.

Não que eu tenha desistido da EY. Mas sinto que fiz tudo que estava ao meu alcance.

Agora vou colocar nas mãos do destino.

Beijos!
Obrigado pela visita!!!

Vírgula Antenada disse...

HAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHA!

Foi pra mim?
"algumas blogueiras, por mais 'antenadas' que possam parecer, ainda atribuem sua felicidade à existencia (ou não) de um príncipe."

Então.
Amei seu blog, Garota! Vc é uma princesa, sem trocadilho!
Eu sou muito romantica não, mas me senti adormecida quando te li, mesmo sem ser bela eu vou tentar acordar.
Bjo.

Thais Puga®. disse...

É... de fato esse lance de ficar sonhando com o principe do cavalo branco nem ta com nada... Rs*
Mas fazer o que, ainda somos meninas e meninas são meio que bobas com essas coisas... HAuahAHAUHAHUahuH...

Ótimo post como sempre...
Inté, beijos. xD

Alan Salgueiro disse...

O principado, os cedros e a fidalguia está nos olhos de quem vê. Na lábia masculina, o termo "princesa" já virou vocativo gasto, parece agrado como quem oferece um cajuzinho numa festinha. O termo "príncipe" habita mais as mentes idealistas que propriamente a aplicação do termo aos homens diariamente. Por isso fiquei feliz de uma vez ser chamado assim: "príncipe", mas por uma amiga, sem qualquer intenção de vê-la 'prometida' para mim... rs

Uma bela visita ao reino das ilusões reais, borboleta!

Beijo!

Marco Antonio Martins disse...

resposta: Guarani. Bj!

Esperança disse...

Oie.... me enquadro em partes e não ao seu texto... eu tenho um blogger sobre minha busca... mais eu relato minhas ivestidas com um ar mais descontraído... e conto como me saí bem o mal.... é novo pro enquanto tenho um seguidor...

Ando contando minhas peripércias...
Só busco pq sinto que ele está sim em algum lugar!!!

Se quizer dar uma olhadinha nessas histórias reais..

http://principesexistem.blogspot.com/

Desde já...
Bjus.. Thaís

disse...

Oi
Acho que nao consegui deixar um scrap pra vc á no orkut e tb nao sei seu e-mail, entao vou deixar por aqui.

Bella,

Trabalho com teatro e estou iniciando um novo projeto de cena utilizando textos femininos. Um dos seus textos chamou minha atenção, levei ao grupo e todos gostaram e acharam interessante para nosso trabalho. Gostaria muito de sua autorização para que usássemos como parte de nossa produção. Infelizmente ainda não temos como pagar direitos autorais. O texto seria cedido.
O texto em questão é esse daqui mesmo, Sobre Principes e Princesas. Ele caiu como uma luva em meio as nossas idéias e só tem a acrescentar ao nosso trabalho!
Se concordar, te mando por e-mail uma declaração de uso e você me enviaria pelo correio preenchido e assinado.
Estamos em fase de produção com estréia prevista pra dezembro. Para que possamos dar continuidade a essa primeira fase precisamos de sua resposta em breve.
Agradeço muito e aguardo contato.
Renata Garcia
renatagarcia29@msn.cm
Petrópolis, 15 de setembro de 2009.